MAPA

A MAPA (Monitorização Ambulatória da Pressão Arterial) consiste na medição da pressão arterial durante um determinado período de tempo em intervalos de 15 a 20 minutos durante o dia e de 30 a 60 minutos durante a noite.

Trata-se de um método de medição automática da pressão arterial realizada através de um dispositivo colocado na cintura do paciente que insufla uma bolsa de borracha instalada no braço.

As várias medidas são armazenadas neste equipamento e registadas posteriormente para uma ferramenta que permite a análise dos dados recolhidos. A MAPA deverá ter uma duração mínima de 21 horas. O ideal é que o equipamento registe 16 medidas durante o dia e 8 medidas durante a noite.

A MAPA permite estimar a média das pressões durante o período total do exame, quer durante o período em que o paciente está acordado quer durante o sono .

Permite ainda avaliar se ocorrem elevações da pressão arterial durante a colocação do aparelho no consultório ou o contrário, a sua diminuição no consultório.

A grande maioria das pessoas podem fazer a MAPA. Pessoas que apresentam o braço em forma de cone (situação em que o manguito não fica bem adaptado no braço), pessoas com distúrbios do movimento, como a doença de Parkinson (não conseguem manter o braço parado na hora da medida da PA), ou ainda, aquelas com certas arritmias cardíacas como a fibrilação atrial (o dispositivo da cintura não consegue obter o registro da PA), não conseguirão realizar o exame de uma forma satisfatória.

Vantagens e benefícios

A grande vantagem da realização da MAPA está na possibilidade de se obter um conjunto de medições da tensão arterial durante a rotina habitual do indivíduo, durante a execução das suas actividades habituais e durante o sono.

A MAPA permite uma avaliação mais fiável, rigorosa e informativa da pressão arterial do que medições isoladas, não sendo afectada pelo efeito “bata branca”, relacionado com a ansiedade causada pela medição no consultório.

Deste modo, a MAPA permite diagnósticos mais precisos e planos de tratamento mais adequados a cada caso.

Metodologia

O exame deve ser programado para um dia de actividades habituais. Deve-se evitar a prática de exercícios físicos durante as 24 horas que precedem o exame e durante o exame.

É importante tomar banho antes do exame porque ele não poderá ser tomado durante o exame.

No momento do funcionamento do aparelho o paciente deverá manter o braço em que está colocado o manguito estendido ao longo do corpo, até que o mesmo seja totalmente desinsuflado. Este processo geralmente ocorre a cada 20 minutos durante o dia e a cada 30 minutos durante o período da noite, sendo o processo idêntico à medição da pressão arterial no consultório.

O dispositivo deverá ser retirado da cintura durante a noite, sendo colocado sob a almofada ou numa mesa, permanecendo ligado ao manguito pela mangueira de borracha. O manguito poderá ser apertado ou afrouxado durante o exame, conforme a necessidade. É importante que este permaneça sempre acima da prega do cotovelo.